Black Friday gera aumento nas vendas do varejo

Black Friday gera reclamações, mas supera expectativas de venda no varejo

Em função da Black Friday, em novembro, as vendas no varejo no Brasil subiram, pois os consumidores aproveitaram as ofertas de fim de ano, surpreendendo os analistas, que projetavam uma queda, e oferecendo um raro motivo de comemoração em uma economia abatida.

As vendas aumentaram 1,5 por cento em relação ao mês anterior, maior ganho em um ano, disse o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira.

Levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre identificou que 47% das lojas que aderiram à Black Friday na Capital tiveram aumento nas vendas em relação ao ano passado. Neste ano, o crescimento foi, em média, de 20%.

O resultado contrasta com estimativas de analistas de um declínio de 0,8 por cento após uma elevação revisada de 0,5 por cento em outubro.

Dois meses seguidos de aumentos nas vendas no varejo podem dar ao banco central mais liberdade para elevar os juros, pois a autoridade monetária está enfrentando dificuldades para conter a inflação acima da meta sem prejudicar o produto interno bruto.

Contudo, os economistas disseram que não estavam convencidos de que os dados representem um ponto de inflexão em uma economia que encolheu nos três primeiros trimestres do ano passado.

 

black-friday

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *